Menu

Deep Freeze Congelados

Interactivo

Dó-Ré-Mi










DianaSpot

Gisele Lemos na Rádio Bicuda 98,7 hoje 10:30h

A atriz Gisele Lemos participa do Programa Manhã Carioca nesta qunita-feira, dia 17 de agosto, às 10:30 horas, na Bicuda FM. Gisele Lemos foi convidada para falar do espetáculo?Amor e traição no Calabar?, em cartaz noTeatro Municipal Gonzaguinha até o dia 27 de agosto. Mais informações sobre o evento em nossa página. O Programa Manhã Carioca comCarlos Osório vai ao ar de segunda a sexta-feira, de 09 as 12 horas na Bicuda FM 98,7 ewww.bicuda.org.br.


Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/08/gisele-lemos-na-radio-bicuda-987-hoje.html

Diretores Denilson Graco e Alex Amorim com o elenco:


Tuca Muniz 
Thamiris Dias
Francisco Bernardino
Rosana Pio
Lene Ras
Camélia Pinheiro
Henrique Machado
Brunna Bal
Bruno Lubryart
Gisele Lemos
Alice Serrano
Flávio Agilis
Jonatahs Reis
Alana Mariano
Elyan Lopes
 Luisa Linhares 
Wemerson Rismo
Jorge Cabral
Leo Massukato







Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/08/amor-e-traicao-no-calabar-teatro-cia.html

Lançamento do cd Priscila Marchon

Priscila Marchon

unnamed_1.png

por: João Carlos Leal



Silêncio e solidão. É a partir desses dois ingredientes que
Priscila Marchon elabora sua música. São sete composições prontas, além de
vários rabiscos para organizar. Cinco delas estão no seu primeiro CD, Clareia,
nome da música de trabalho que gravou ao lado do rapper Mahal Reis (filho do
cantor e compositor Luiz Melodia). Fruto do casamento de um contador com uma
costureira, Priscila bem que tentou seguir o caminho da mãe, das tias e de
tantas outras mulheres de Nova Friburgo, e se dedicar ao ramo de confecção de
lingeries. Mas seu coração não pulsava no ritmo das máquinas. Falou mais alto
seu amor pela música, que os próprios pais semearam quando, ainda criança,
pagaram as primeiras aulas particulares. Há três anos, Priscila  de sua
arte. Canta em bares, hotéis, festas, casamentos. Apaixonada por MPB, tem uma
queda especial pelo romantismo, seja no forró ou no samba. Com seu primeiro CD
planeja alçar voos mais altos e levar sua voz, suas composições e as releituras
que faz de grandes ícones da MPB, para todo o país, e além.


Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/08/lancamento-do-cd-priscila-marchon.html

Sarau Poesia Revista aconteceu no Recreio, Rio de Janeiro:

Sarau Poesia Revista aconteceu ontem no20431774_10203526285513577_7987395901131905345_n.jpg2.jpg Barra Sunday no Recreio, Rio de Janeiro. Presentes poetas, escritores, atores e cantores: Lu Toledo, de Belo Horizonte e Rui de Carvalho,Manaus.
Organização: Gisele Lemos, Márcia Schweizer e o apresentador Leandro Ervilha e Gilliane Silva. Apresentamos ao vivo no site de Leandro Ervilha. Presente a Jornalista e Fotógrafa Denise Machado.
Poetas: Virgolino Lima, Arlene Rocha, Ronalda Teixeira, Joelson Barcellos entre outros.
Informamos que a próxima edição da Poesia Revista acontecerá em Março de 2018 com o tema Amor.
Agradecemos por todos convidados presentes e em breve teremos mais fotos do evento. 
 


Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/07/sarau-poesia-revista-aconteceu-no.html

Oficina de Teatro Graco no Centro de Artes Calouste Gulbenkian

19415861_10207866274809448_1735455042_n.pngAcontecem as Oficinas de Teatro Graco no Centro de Artes Calouste Gulbenkian, Rio de Janeiro. Grátis.
Alunos da Oficina integrarão o espetáculo que estreará dia 11 de agosto as 20h. Imperdível!

19601139_820020604830159_3034340793364086142_n.jpg

Diretores Denilson Graco e Alex Amorim com o elenco;


Luisa Linhares Tuca Muniz Thamiris DiasFrancisco BernardinoRosana PioCamélia PinheiroHenrique MachadoBrunna BalBruno LubryartGisele LemosAlice SerranoFlávio AgilisJonatahs ReisAlana MarianoElyan LopesWemerson RismoJorge CabralLeo MassukatoLene Ras



Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/07/oficina-de-teatro-graco-no-centro-de.html

The house is open - 20Jul2017 03:00:00
A casa está aberta.

(Amanhecer em Minas, Tukio Dias. Pintura)


The house is open


Diana Balis

There are days when the intertwined eyes have wheels and spin.

They sing with the girls, songs from beyond the sea.

I threshed the corn, planted potatoes, and used manure from the elephants of the Circus,
They were carrot plantations ...
Life will never be the same at dawn ...
He smiled wickedly and without fear of losing the pleasure of living.
Fighting will no longer be necessary.
All men who hear misfortunes,
They reached my feet in races.
I painted walls, I opened doors and at the moment,
 I'm sorry for the muffler who moved in!
The house is open,
Full of happiness



Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/07/the-house-is-open.html

Convoco - 10Jul2017 19:15:00



Comigo
Com você.
Querido,
Aguerrido
Rindo,
Guê.
Varal e
Palavras no ar
Ressurgem
Vômitos e plateias sem acenos...
Convoco:
 Aplausos de silêncio oculto,
Sentido de alma desperta.

Diana Balis
Pintura de Jesús Enrique Emilio de la Helguera Espinoza, Mexico. 


???

? ?????.
???,
??????????? ? ?????? ??????????
??????,
Wa.
????????? ?
????? ? ???????
????????? ?? ???????????
????? ? ??????? ??? ???????? ...
? ???????:
 ??????? ???????? ?????????????,
???? ?????????? ???????.


?????? ?????


??????? ????? ?????? ?????? ?? ?? Helguera ????????, ???????.


Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/07/convoco.html

Mia cucina - 28Jun2017 16:18:00
Mia cucina

Ho cucinato nella mia cucina, 
mi piace per nutrire l'anima. 
Lavandini pieni, 
pasti solitari.
Diana Balis


COZINHA DA ROÇA Robson Neves


Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/06/mia-cucina.html

Dia das Mães na OAB Barra da Tijuca


Psic_loga_OAB_Barra.jpgConvidada para falar as Mães na OAB Barra da Tijuca, tive o prazer de informar a importância das mães na educação de seus filhos com as responsabilidades dentro das atuais questões sociais, ao falarmos do papel da Mulher e no empoderamento feminino, como na urgente conscientização de mudanças necessárias nos lares brasileiros, assumidos por mulheres.
Elas são maioria no país, têm vida média mais elevada que os homens e assumem cada vez mais o comando das famílias. 
Os números atestam: a nova mulher brasileira desempenha um papel cada vez mais importante na sociedade. É o que mostra estudo lançado pelo IBGE, "Perfil das mulheres responsáveis pelos domicílios no Brasil".
Assumimos os lares, parabéns aos pais que hoje, assumem essa responsabilidade da criação dos filhos.
Sugeri algumas reflexões e discussões,como> Porque ainda continuamos com a criação de filhos machistas!

Feliz dia das Mães!
Dra Gisele S Lemos 
Psicóloga
Barra da Tijuca e Tijuca




Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/06/dia-das-maes-na-oab-barra-da-tijuca.html

LANÇAMENTO DOCUMENTÁRIO PANTANAIS DO PANTANAL

MARCELO__CARLA__MORGANA_E_LUIZ_IRALA_NO_RIO_PARAGUAI_EM_PORTO_MURTINHO__FOTO_PAPITO_.jpgLANÇAMENTO DOCUMENTÁRIO PANTANAIS DO PANTANAL
Pantanais do Pantanal é o 6º longa-metragem com assinatura do casal de sócios da Código Solar Produções, Marcelo de Paula (direção, fotografia e roteiro) e Carla Mendes (edição e produção).
O documentário será lançado no consagrado Instituto Moreira Salles (Rua Marques de São Vicente, 476, Gávea ? RJ), no dia 30 de junho, às 10:30 hs, em evento fechado para convidados, patrocinadores e profissionais da mídia.
Com apenas 8 anos de idade, fazendo pequenas intervenções como câmera adicional, a participação de Morgana Mendes Paula Carneiro, filha do casal Marcelo e Carla, na equipe de produção de imagens é outro destaque do filme. Numa expedição de dois meses por 11 sub-regiões do Pantanal, entre os Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, ela fez história por onde passou: primeira criança a pisar na Estação Ecológica de Taiamã; ficou frente a frente com várias onças, jacarés, queixadas e demais animais da fauna do Pantanal. Andou pela primeira vez de bimotor, voadeira, veículos de safári e experimentou várias iguarias da culinária pantaneira, tais como caldo de piranha, sopa paraguaia, arroz carreteiro, saltenha, carne de jacaré, inúmeros peixes da região e saboreou a erva do Tereré!
FILMANDO_RIO_CORRENTES__FOTO_CARLA_MENDES__.jpgMais de 10 mil km rodados para contar essa inédita história das 11 sub-divisões do Pantanal. 13 municípios selecionados como sets: Porto Murtinho, Aquidauana, Rio Verde, Sonora, Coxim, Miranda, Bodoquena e Corumbá (MS) e Cáceres, Poconé, Barão de Melgaço e Santo Antônio do Leverger (MT). A expedição ainda rodou nas empoeiradas Transpantaneira (MT); Estrada Parque Pantanal; Estrada Parque de Piraputanga e a MS 228, mais conhecida como Estrada do Corixão. Sem contar as inúmeras vias de acesso às fazendas que apoiaram o Projeto: Pouso Alegre Lodge; Jaguar Ecological Reserve; Haras Bafo da Onça da Araras Pantanal Eco Lodge (MT) e Fazenda Igrejinha; 23 de Março; Fazenda Pouso Alto ? Pousada Mangabal; Passo do Lontra Parque Hotel; Fazenda São João; Fazenda Vitrine; Fazenda São José ? Pousada Aguapé e Fazenda Baía Grande de Rio Verde (MS).
A Produção percorreu de voadeiras, chalana, balsa de carro e Barco Hotel Jaguar do Pantanal inúmeros rios que compõem a região do Pantanal: Paraguai, Miranda, Taquari, Negro, Aquidauana, Abobral, Jauru, Feioso, Piquiri, Correntes, 3 Irmãos, Rio Verde, Salobra, Rio Vermelho, Cuiabá e outros. Imagens aéreas produzidas por voo de avião bimotor e drones e imagens subaquáticas compõem as belas cenas do filme. Foram registrados mais de 25 depoimentos para o filme com temas que abrangem o roteiro: Cavalos Pantaneiros, Pesca, Gado Caracu e Nelore, Guerra do Paraguai, ecoturismo, Estação Ecológica de Taiamã, chapéu Karandá, construção da Transpantaneira e da Estrada Parque Pantanal, ocupação humana no Pantanal, Pesquisas Científicas etc. Com lentes de longo alcance e totalmente em HD, foram filmados mais de 50 espécies da fauna pantaneira, com destaque para nove onças em diferentes locais e atividades, um bando de queixadas atravessando o Rio Paraguai, jaguatirica, casal de araras-azul e de capivaras acasalando, urutau, Tuiuiú pousando no ninho, porco monteiro com filhotes, ema chocando mais de 30 ovos, todas as espécies de cervo da região e inúmeras aves! Totalmente original, a Trilha Sonora é outro destaque do filme. Composições temáticas nas mãos do talentíssimo carioca Zé Neto, produtor musical, Presidente da Musimagem Brasil, compositor e violonista que já tocou com Suely Costa, Fátima Guedes, Sebastião Tapajós, Robertinho Silva e outros. E uma maravilhosa cena gravada numa Chalana descendo o Rio Taquari, com as violas pantaneiras dos músicos de Coxim, Adão Reis e Kurikaka. Entre pilotos de voadeiras, guias e técnicos de cinema, a equipe contou com mais de 10 integrantes ao longo da expedição. Sem contar com profissionais de peso que estão envolvidos na pós-produção para correção de cor e mapas gráficos. O link do documentário Pantanais do Pantanal no Facebook tem o trailer do filme, com mais de 71 mil visualizações. Um média alta para um filme independente:
https://www.facebook.com/pantanaisdopantanal
Marcelo de Paula - (22) 98839-5183 // (22) 2630-5878 Carla Mendes (22) 98839-5183 // (22) 2630-5878 




Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/06/lancamento-documentario-pantanais-do.html


Tentação de Ana Paula Vedovato

Tentação
Eu vou tentar
Quem disse que não pode?
Quem disse que é impossível?
Eu vou tentar
Não atravesse com o bode
Vou me atrever a dizer
Daquilo que é invisível.
Posso tentar assim
Despretensiosamente
Como quem nada quer
Como quem usa vestido de cetim
Em uma manhã qualquer.
Vai me dizer que é luxo
Que me pus bonita à toa
Eu teimo em discordar
Quem sabe eu não encho o bucho
Compartilhando o que faz da vida, boa.
Ana Paula Vedovato


Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/06/tentacao-de-ana-paula-vedovato.html




Viver no Rio de Janeiro - 19Mai2017 23:51:00
Viver no Rio de Janeiro


A vida mudou e a Cidade Maravilhosa está falida, sim, todos sabem.
Onde está a Petro? Onde aconteceram as Olimpíadas? Onde essas empresas citadas na lava jato também estiveram realizando obras? Rio de Janeiro, claro!
Bem-vindos a novidade? Ou a minha nova idade?
(foto com o Advogado e Poeta Marcus Vinicius Bernardo)
Nem tão afoita as escritas, o meu mundo deu tantas voltas, eu que sempre denunciei os políticos corruptos, que devem ir as prisões, e caso nem forem essas suficientes, façam mais cadeias,
Mas consertem também a Justiça, que anda meio cambaleante para alguns lados...

Falar de poesia numa hora dessas? Onde até as bolsas oscilam, as suas, a minha, e a vida que ainda bem, trouxe o couro ecológico, novas opções!
Estou tentando dizer que a Diana Balis anda fazendo Poesias Revistas.  
E foi realmente uma noite especial de lançamento em Ipanema, com escritores de 3 países e 12 Estados do Brasil, aconteceu no mês de março desse ano, Poesia Revista 2017.
Porém também cansa viver numa Cidade Maravilhosa, caminhando preocupada com a Tijuca, e o Rio de Janeiro.
Não desejo que sejamos reféns de bandidos que voltam as comunidades que aqui nos cercam. Estou preocupada com a fome e a pobreza, já se acumulam em nossos quarteirões e por onde caminhamos.
A vida segue...
A poetisa Diana hiberna como forma de nem querer sem além do olhar a paisagem, uma foto, e imagem, que deverá se perder no tempo...
Passado ou no presente contínuo, a aflição da vida, lutando pela democracia, liberdade e a verdade.
Contra a corrução nacional desses políticos e seus aliados, como todos bons brasileiros. Assim espero.
Desejamos a todos, um ótimo fim de semana, esperança sempre! 

Poeta  Diana Balis. Editora da Poesia Revista 2017.



Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/05/viver-no-rio-de-janeiro.html


Climbing the Ladeira - 27Fev2017 14:56:00




Subindo a Ladeira

Climbing the Ladeira
We are all loaded with pride,
Climbing hillsides, water cans on the head.
Recent unemployed, for back pay, and heavy with ties of ties, bravado, last war cries, national integration, whites, Indians, blacks and browns. Cheated fools, we register our values, between words, emotions and attitudes, we are POETS!
Take care of the body, the ethics and the caresses.
Love that invigorates the Earth, Blessed, sold by unscrupulous and obsessed by greed.
To resist, to persist and to believe, the payment is unique, fauna, flora and animal beings, we are all mortal, but we dream.
Long live Rio de Janeiro and its 452 years of existence.
To live is to believe in the actions between the words that thrill I believe in love.
Gisele Sant Ana Lemos


Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/02/climbing-ladeira.html

Verdade...Faz tempo - 19Fev2017 14:39:00


16832369_10202815594106736_2473771332289564420_n.jpg
Verdade...Faz tempo





Calada e entregue na manhã de domingo,
Virei a página e recobrei do tempo,
 a sua ausência.
Passa a gaivota que devora peixes em feiras livres, as Maritacas voam nos pés de amendoeiras em ruas tranquilas da Tijuca.
No azul celeste refletindo...
Vejo as marés.

Volto dá caminhada matinal transpirando energia,e tranquila, em cada despertar, consta todos os seus segredos.
Vou contar comigo, contigo, e mais uma vez Seremos dois apaixonados em manhãs de domingos,
Acaloradas pelo frescor do amor.

Diana Balis


Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/02/verdadefaz-tempo.html


Regar (Prosa de amor em ...) - 28Jan2017 16:41:00
Regar (Prosa de amor em ...)

Regar como o jardineiro e rogar a solidão.
O oásis que articula dará um breve adeus, há vida!
Eu amo, em acalanto, canto, rio e já me debulho em lágrimas lançadas ao amor infinito. 
Saudável saudade de ti.
Leio versos que como pedras, serão brilhantes, fantasias...
E nua vestida assim, entre os seus temperos, desesperos de mera solidão...
Viajas adentrado ao tempo e sem lógica, meu amor que é tanta paixão por ti,
Já sobrevoa o vento com o entusiasmo das meninas traquinas nos
parquinhos de diversão.
E calaremos todos os sorrisos estampados entre os desejos velados.
E renasceremos nas cinzas azuladas do forno a lenha, 
E entre os espelhos refletidos dos riachos.  
Há tanta saudade camuflada em nós.
A tarde já navega entre os peixes, no oceano amar.

Saudade de ti, beijos da carioca a-mar.

Rio de Janeiro, Diana Balis.11/02/2013.


Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/01/regar-prosa-de-amor-em.html

I try not to be alone. - 28Jan2017 14:36:00
6dc7cbcea3d160761be644bddb3b3bf24ce3a-399x560.jpg (399×560)Tento não ser só



I try not to be alone.

I perceive all tastes in dreams of tempered transparency

Desire is passionate love, which invades the tenuous sense of security and guarantees the poor mortal all the uncertainties.

I've never experienced such discomfort.

I reared, picked, planted, rolled, threshed, dived, and asked.

In the background, all the feelings were available.

But love despised my sleep.

Let me sleep in peace! 

Diana Balis, Rio de Janeiro.

Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/01/i-try-not-to-be-alone.html


Sentidos por Diana Balis - 09Jan2017 12:00:00
Sentidos por Diana Balis

O livro será lido e relido
As lágrimas apenas caem
O sofrimento faz parte da tarde.

Espadas completando a parede.
O café espera as xícaras de ouro sob a mesa.

O deserto quente acaricia os olhos
Lacrimejam a falta de amor.
Em companhia de abrolhos
O leve uivo do tempo
Desperta as lembranças?

Serei a imagem do quadro congelada entre as taças
O vinho do porto empoeirado é servido a freguesa.

Beber então a saudade do gesto impelido
Invadir os sentidos idílios que esvaem.



Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/01/sentidos-por-diana-balis.html

Poesia, prosa entrelinhas - 03Jan2017 15:37:00
Poesia e prosa entrelinhas

Poesia, Prosa Entrelinhas

Gisele Lemos

Hoje vou homenagear, o sonetista, Manoel Virgílio.

Manoel Virgílio Pimentel Côrtes, Sonetista, fez do soneto sua forma de expressão. Tem três livros publicados, todos de sonetos: ?Mulher Estelar?, ?Tratos de Amor e Outro Tratos? e ?A Terra Em Agonia?, além da participação em várias antologias. Membro titular da ?Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores? e Membro Fundador da Academia Virtual dos Poetas da Língua Portuguesa onde ocupa a cadeira cujo patrono é Vicente de Carvalho.

Eu

Manoel Virgílio


Somente sou de um todo sua parte
e nada, neste mundo, nunca mudo.
Sozinho sou, apenas, um encarte,
um sócio sem gerência nesse tudo.
.
Eu guardo, p'ra mim mesmo, meu sentir,
procuro ser diverso em meu querer.[
Se tenho esse direito de ir e vir,
contudo me é negado o poder ser.
.
Eu sou somente um pingo na enxurrada,
das águas se movendo em turbilhão
que seguem, de roldão, num arrastão.

Eu sou quem tudo quer, mas não tem nada,
no ciclo da existência programada, apenas mais um ser na multidão.

Desigualdade

Manoel Virgílio


Somente elites na sociedade
mantém as regalias; é verdade!
Jamais houve na nossa humanidade
o que muitos pregaram?a igualdade!

Enquanto u'a minoria muito come
a grande maioria passa fome.
No luxo vai vivendo a minoria,
co'o lixo convivendo a maioria.

Se cresce a miséria entre o povo,
elites váo comprando algo novo
e o mundo nunca muda este rumo!

E quanto mais a técnica avança,
aumenta p'ras elites a abastança
e cresce a sociedade de consumo.

Ceia de Natal

Gisele Lemos


Teremos as pernas para que te quero, além de peru no Natal!
Rompantes deslizantes, em vez de sandálias havaianas, na praia de Copa.
Fogos, só sairão dos Hotéis da Barra da Tijuca, ou na orla à fora, de famílias inquietas.
Seremos pós virada, o sereno da madrugada, e os velhos amigos de sempre?
O colorido das roupas, poderão vir dos representantes dos Brasis em brasa, que acendem suas chamas na esperança, entre PEC, ou cai a PEC.
Mas todos de clavas nas mãos, vai que teremos arrastão!
E já seremos o carnaval, onde beberemos ao esquecimento e as mais soturnas votações de corruptos eleitos, ou nem tão eleitos assim?
Vai que cola, faz uma prece a Iemanjá, ou pede a Deus Pais todo poderoso a protecão ou a Oxalá, na pressa, ou prece, medite. 
E solicite a todos os santos, que a vida é curta, nem precisa ser tão dura ou louca.  
Mas pague suas contas ao menos, no 1de Abril e seremos felizes um dia, com certeza.
Boas Festas!


Fonte: http://dianabalis.blogspot.com/2017/01/poesia-prosa-entrelinhas.html