Menu

Deep Freeze Congelados

Interactivo

Dó-Ré-Mi













Minuto silente
04Jan2018 09:00:27
Publicado por: Diana Balis

 hqdefault.jpgPovo que admira estátuas de bronze


Caminha com seus cães pela orla

Aplaude o por do sol e a fotógrafa só sorrindo

Pedintes nas ruas, em todos os lugares, em todo país!

Brasil rico no misere!

Vou cantar para Vinícius o amor a terra pátria mãe!

Amor nesse tempo de cólera! 

Todos estão calmos, olhando os fogos da Cidade Maravilhosa!

Tantos tiros e ladrões por aqui!

Por ali também...

Boas novas, anos de elegermos mais uma # * tralha!

Conhece o ditado que diz:

Mais verbas e sempre menos educação, o povo, pão e circo.

Ignorância perdure, o que é bom, dura pouco e haja! Temos ainda o deduro.

Peço então um minuto silente.

Diana Balis, Rio de Janeiro, 4 de janeiro de 2018


Partilhar:

Artigos Relacionados
Vida Nova
Transcende e vem
Livro VERDES E PERFEITOS AMORES
Vem Nego (Jazz)
MAR
Porque perde tempo?
Amor virtual (poema erótico)


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.