Menu

Deep Freeze Congelados

Interactivo

Dó-Ré-Mi










Findos Dias, homenagem ao amigo escritor Estebanez.
29Dez2017 08:10:17
Publicado por:

sonetista.png
 
(Afonso Estebanez Stael, nasceu em Cantagalo,
RJ dia 30/10/1943, faleceu em 12/12/2017)

Findos Dias

Semana passada comemorei os mortos,

Hoje comemoro os mortos, todos os dias morremos um pouco.

Aprendi em Porto Seguro, na Bahia, a tomar cachaça e comemorar os mortos...

Esse texto não é apologia aos mortos, mas há vida!

Cada dia, um signo, um sinal, um indo...

Aprenda a ler os sinais de fumaça, fogo e destino.

Contente-se com a sua existência terrena e efêmera.

Não saberemos os segundos, quem dirá, minutos!

Saudade.
 
 
Tantas de tantos amigos, amados, parentes, todos se foram...

Talvez um por semana, um por dia...em um minuto.

Acolho o presente, novos horizontes e amigos, sensível passagem...

Da vida efêmera, pretendo mais que a saudade.

Alegrias, comemorações e lutas!beija-flores_1.jpg

Ainda que seja tarde!

Diana Balis, Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2016.

(Texto antigo e guardado nas gavetas, hoje arrumo, tempos de férias. Dedico o texto em  homenagem a Afonso Estebanez, amigo, escritor, grande sonetista, na foto acima, fez a passagem e até!)


Partilhar:

Artigos Relacionados
Vida Nova
Transcende e vem
Livro VERDES E PERFEITOS AMORES
Vem Nego (Jazz)
MAR
Porque perde tempo?
Amor virtual (poema erótico)


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.