Menu

Deep Freeze Congelados

Interactivo

Dó-Ré-Mi










Um Rio renovado, acreditem, para Inglês ver e aplaudir.
13Set2015 12:45:37
Publicado por:

11998780_10207287767053224_2003779483_n.jpg

Ontem vivi um dia de Artes.

Posso dizer que gostei de ir na fábrica Bhering, não nego a minha intelectualidade e sei o valor das coisas caras. Os artistas, sempre serão valorizados.

Na foto com o queridíssimo já homenageado nesse site fãs de Paulo link:http://dianabalis.blogtok.com/blog/31620/

Porém via-se que ali tinham empresas culturais vinculadas ao Sr Malta,…. Arquitetura linda, bom gosto o contemporâneo disfarçado, cult e são os novos ricos.

Confiram as fotos na lateral, Galeria.

Parabéns Sr Prefeito Eduardo Paes. Muitos espaços novos e renovados.

Uns com filas enormes e os preços impopulares. Mas arte é cara? Demanda tempo e muito dinheiro.

E outros espaços com a cara de barato, expondo para um público pra lá de elitizado, e as vendas? Tudo muito caro também.

Tive uma sensação de a Zona Sul mudou para a Praça Mauá ontem.

Coisa lindas, ideias fantásticas, artistas são sempre competentes no que produzem.

Mas a elite carioca estava presente. Tudo que é arte é caro?

E a Cultura do Rio de Janeiro também se faz com as empresas paulistas (na noite anterior estouraram as caixas e as projeções??) e também com os dedos da “ P”Conjuntura???

Continuem apoiando os empresários ricos, sim, fazendo a mesma maquiagem que antes existia nessa Cidade.

Um dia, porém,a cultura e as artes estarão nas mãos do povo.

Que realmente conseguem transformar a mandioca brava em cola. ("A brava, devido à presença de grande quantidade de ácido cianídrico, como se constatou, era muito venenosa. Mas a brava, que vinha a farinha (farinha-de-pau) que os índios aprenderam a fabricar, eliminando o seu mortal veneno pela lavagem, cozimento ou por longa exposição da raiz e de seus subprodutos ao sol " ) e fazer das tripas o coração em suas vidas, para ressurgir das cinzas.

Numa Cidade do Rio de Janeiro, caótica, onde ninguém mais pode ir e vir sem gastar gasolina, ou andar enormes distancias a pé, correndo os riscos, isso para todos os Cidadãos da Cidade carioca.

E sem os transportes públicos, estamos vivendo e correndo os riscos diários.

Eu fui tentar ir a Niterói sem ter carro?? Você já experimentou?? Viu o perigo que é andar de noite a pé na escuridão na Rodoviária?? Ou no Centro para tentar pegar uma barca? Ou já ficou a pé no Recreio dos Bandeirantes? Correndo riscos entre as ruas e quadras sem nenhum transporte por quarteirões enormes??

Sim, essa Cidade será para o Europeu ver, quando eles chegarem, se as obras acabarem, e até lá@

É você que corre riscos diários, caro Cidadão comum. E se conforma, esperando e aguardando o fim delas. As obras, uma saga! Que tal começar pelo aniversário do buraco na praça Vanhargem, na Tijuca?? Já fizeram quantos anos mesmo??

Um poder público incompetente para com os cidadãos comuns. Há sim, injustiças.

As investigações na Cidade Carioca, viraram pizza? Deveriam passar pelos projetos Culturais na Cidade do Rio de Janeiro. Onde são aprovados projetos e apoios as empresas inexistentes, dentro da Secretaria de Cultura... E veremos que as empresas que estão por ai em questão, todas tem o dedo de quem? E vão brotando...

As pessoas que realizam movimentos Culturais pela Cidade, mesmos as apoiadas por Coletivos dentro das comunidades, são exibidas como troféus?? E no entanto as estruturas físicas, água, esgoto, mudou:???

Outras durante anos, são caladas, e nunca entendem porque perdem os editais....

E a viga??? Tá no Mar? Tá onde??

Confiram as fotos. Mas a minha opinião é estar feliz mas muito insatisfeita nessa Cidade do Rio de Janeiro.

http://dianabalis.blogtok.com/galeria/imagem/27782

Diana Balis, 13 de setembro de 2015. (Cala-te boca!)


 

 



Partilhar:

Artigos Relacionados
Vida Nova
Transcende e vem
Livro VERDES E PERFEITOS AMORES
Vem Nego (Jazz)
MAR
Porque perde tempo?
Amor virtual (poema erótico)


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.