Menu

Deep Freeze Congelados

Interactivo

Dó-Ré-Mi













Beco dos Inocentes
05Mai2011 12:19:10
Publicado por: Diana Balis

 Beco dos Inocentes

 

Sentado do outro lado o menino pede algo inaudível...

Escuto o poeta lamentar, o álcool e o cigarro.

No entanto o engano nem perdoa o submisso.

Vim e vou, canto e escuto.

A verdade vai do preconceito certo.

O menino aprende a servir...

Sua inocência me dá náuseas

Nem importam as maças do rosto

Impávido e suave do gosto

O trago é amargo de insatisfações.

Hoje menino, nem deixo a gorjeta,

Por seres inocentes e vãos.

 

Diana Balis, Rio de Janeiro, 13 de abril de 2011. (Beco do Batman, Vila Madalena, SP)



Partilhar:


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.