Menu

Deep Freeze Congelados

Interactivo

Dó-Ré-Mi










Entardecer
15Ago2016 15:34:45
Publicado por: Diana Balis

13901326_10201995646128549_8693555484604996590_n__1_.jpgEntardecer

O frio gela e a ventania nem perdoa a tarde 

Vai investir em rios poluídos jogados ao mar revolto 

Pernas que revelam risos soltos em gestos acrobáticos e atléticos 

Morenos velhos e cansados saem sem seus cães ao luar 

Vibra o torcedor no alcance do sentido de tantos engarrafamentos 

Brasil, Brasil, verde e amarelo, 

O varonil nem esta febril, só cede aos canibais...

Diana Balis, Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2016.

 

Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (60)

Competir e Lutar
11Ago2016 15:09:13
Publicado por: Diana Balis

04110952_g.jpgCompetir e Lutar

O Rio continua lindo
A vista Chinesa esta repleta de incertos olhares
Trem de passagem, não leva nem trás alguém.
Turistas sejam bem vindos a sujeira olímpica.
E a grana que saiu de nossos bolsos, sumiu entre as obras, que mal findaram...
Sem medo de se alancar, alcance o seu título,
E enxergue a ponte que caiu, o mar que subiu, e o lixo que ainda boia na praia.
Nem briga, só grita! 
Os competidores já se alancam as eleições
Os cínicos representantes dessa maravilhosa ilha, onde guardam seus vinténs,
Amém, dizem todos.
Vista o amarelo, porque o verde já ruiu na lama da ganância de tolos
 
Rio de Janeiro, 11 de agosto, Diana Balis, desgosto.

Arte é
05Ago2016 11:21:54
Publicado por: Diana Balis

 arte_que_respiro_e_vivida_por_mim_nos_momentos_em_que_a_homenagem_vai_para_o_povo_brasileiro_e_gisele_lemos_frase_14372_94815.jpg

 

 

 

 

 

 

 



Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (36)

Velho Chico
03Ago2016 16:36:34
Publicado por: (......)

Vellendas_sao_francisco.jpgho Chico

Velho Chico, que saudades!

Navega o coração com sintonia

No destino as voracidades

Desfila correntezas em fios de sincronia

Dia e noite estrelada

Avançada a mata adentrada.

Aguardo as aparições de noivo guerreiro

Entre os sulcos do namoradeiro

O Chico cede passagem à transpiração

Marcou o compasso da solidão.

Diana Balis, Rio de Janeiro, 4 de junho de 2011.
Lendas: 
" A Lenda do Sono: A lenda conta que o despertar do rio pode custar caro. Contam que o Velho Chico, trabalha o dia inteiro para atender as necessidades das pessoas, e adormece à meia noite. As almas dos afogados se dirigem para as estrelas, e a mãe d’água sai das águas e enxuga seus cabelos, e os peixes param no fundo do rio e até as cobras perdem o seu veneno. Essa calmaria pode parecer o momento ideal para pescar e navegar, mas a lenda conta que o despertar do rio pode custar caro."

Olimpíadas 2017
01Ago2016 14:26:23
Publicado por: Diana Balis

20150904_CO_INFRA_POR_praca_maua_AA_4256_1600x1067.jpgAgosto que vem de graça

Sem o gosto para tanta desgraça

Um corre, corre, que refila

Falta o dinheiro da cachaça...


Tem o ciclista que ficou de pé,

Um cachorro olhando a paisagem,

Vem gente de longe querendo canapé.


Os coloridos aros de CIDADE OLÍMPICA

Falta o metrô para o povo

A vida segue acrobática.


Vai começar tudo de novo,

O circo sem pao na épica

Cidade Fantástica. 

 

Rio de Janeiro, 22 graus, e milhoes de gastos, e o retorno será????

Diana Balis, 1 de agosto de 2017. Rio de Janeiro.



Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (97)

Homenagem a Jô Soares/ Menino Ainda
18Jul2016 14:25:43
Publicado por:

Beija a mão de todos que carregou no colo, na sala de suas entrevistas...

Inteligência febril, nunca lhe faltou.

Poucas omissões, e sempre o bom humor característico, carioca, sim, ele é 

Propriedades que nos apropriamos, e ao veloz passar, numa lambreta na orla do Rio, tão grande, ou o veículo era minúsculo

Nada importa, sua trajetória espetacular, é quase um programa fantástico sozinho.  

Claro, nunca esqueceremos de seu grupo, sua banda, e da irreverência artística, sua disposicão calorica, para a arte de fazer do entretenimento a vida e alegria de muitos espectadores. 

Antes tarde do que nunca, uma mera homenagem, e eu quero saber, o Jô! Onde você for, me leva que eu vou, e um carrilhão atrás...

Maior que a banda de Ipanema, é com esse eu eu vou!!

Menino ainda

O Travesso desperta 

Na mesa de bar

Repassa e revive os trajetos 

Expressos nas telas das emoções

A via de mão dupla

Entre risos de mar 

Vislumbra no horizonte

O cansado calar,

Declara irrequieto 

Ao novo despetalar.

E novamente as cortinas,

Revigoradas, respiram

é brilho eterno

Jo Soares ao vivo.


Diana Balis, Rio de Janeiro, 18 de julho de 2016.

 



Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (114)

Respirar felicidade
17Jul2016 16:14:25
Publicado por: Diana Balis

IMG_20160714_WA0013_1.jpg

Respirar Felicidade

O fástio é o tédio do mar debatendo-se em segredos,
A vida refloresce entre medos musgos e rochedos,
Cai a chuva suavemente quente face aos novelos.
Transforma o relativo brilho dos olhos em veredas
 

No caminho do sol brilham as estrelas
E plainam colinas entre areias e corpos
Mas o amor cresce em relva danina
Atravessando fiapos de luz em frestas

Na calmaria dos sentidos os pedaços perdidos
O rebento nascerá mesmo do medo
Descontrolado destemido e dessentido
Para viver, basta respirar felicidades.

Poesia do Livro Verdes e Perfeitos Amores de Diana Balis. Foto de Alexandre Saboya


1 a 7 de 2265 Primeiro | Anterior | Seguinte | Último |